alimentos-ricos-em-proteinas

Alimentos ricos em proteínas: saiba aproveitar seus benefícios

Você já viu aqui o quão importante a proteína é para a formação e manutenção dos músculos. Mas ela é capaz, ainda, de influenciar a contração deles, a produção de anticorpos e a construção de novos tecidos. Ou seja, sem proteína, não há vida saudável.

alimentos-proteinas

Alimentos ricos em proteínas

Para ajudar você a cuidar do seu bem-estar, hoje eu trago uma lista com os alimentos ricos em proteínas. Confira:

Soja

Traz 34g de proteína a cada 100g. É uma boa fonte vegetal do nutriente. Porém, não vale abusar do grão. A maior parte da produção dele é transgênica, e muita gente ainda não está acostumada com sua digestão.

Fique atento à intolerância!

Camarão

Oferece 24g de proteína a cada 100g. Mas não deve ser consumido diariamente porque tem colesterol mais alto quando comparado aos peixes.

Duas vezes por semana já está de bom tamanho, de preferência preparando os camarões no vapor. Assim, você aproveita melhor a proteína do alimento e a “gordura boa” (ômega 3) que ele possui.

Frango

Contém 23g de proteína a cada 100g. O ideal é consumir o frango sem pele, em especial, o peito dele. Assado ou grelhado, o frango vai muito bem com saladas.

Salmão

Traz 22g de proteína a cada 100g. É um dos queridinhos dos praticantes de atividades físicas intensas, pois proporciona recuperação muscular mais rápida. Tudo por causa da boa quantidade de ômega 3 que apresenta.

A recomendação é consumir salmão assado ou grelhado. Experimente-o com arroz integral e brócolis. Fica uma delícia!

Amêndoa

21,1g de proteínas a cada 100g. Bastam cinco ou seis unidades de amêndoas antes das refeições para auxiliar na manutenção da saciedade por mais tempo. A proteína tem essa função também.

Quando conseguimos acrescentar um pouco mais desse nutriente na dieta, demoramos a sentir fome. Só não pode se empolgar demais, para não passar do ponto nas calorias.

Carne Vermelha

21g de proteína a cada 100g. Sem dúvidas, as melhores fontes proteicas têm origem animal. E logo lembramos da carne vermelha. O problema é que ela é rica em gorduras saturadas.

O jeito é optar por cortes mais magrinhos, sem aquela gordurinha aparente. E consumir carne de boi três vezes por semana, em média.

De uma forma geral, as carnes são fontes de proteína responsáveis pela síntese do colágeno e da queratina. Uma forcinha e tanto para a saúde e beleza da pele, cabelos e unhas.

Peixes

22g de proteína a cada 100g. Preparados no forno, na grelha ou cozidos, são perfeitos. Sem contraindicações.

Os peixes com escamas e barbatanas (arenque, salmão, pintado, bacalhau e atum) são os melhores, pois as escamas atuam como barreira, impedindo a absorção de toxinas.

Tofu

8,1 g de proteína a cada 100g. Ideal para quem não pode consumir queijo produzido com leite de vaca; pode ser ingerido in natura, cozido ou refogado – sem que perca suas propriedades nutricionais.

A recomendação é escolher somente uma porção de alimento à base de soja para ingerir diariamente.

Pode ser meia xícara de tofu,uma xícara de leite de soja ou 100 gramas de soja cozida em grãos.

Leite de vaca

8g de proteína a cada 100g. Leite e derivados dele (queijos e iogurtes) enriquecem a alimentação porque são formados por três partes praticamente idênticas de proteínas, gorduras e carboidratos.

Isto é, o leite torna os alimentos muito mais completos. Mas dê preferência ao leite e iogurte desnatados, além de queijo branco. Eles possuem menos gordura.

Ovos

6g de proteína por unidade. Famosos entre os praticantes de diversas modalidades físicas, os ovos são ricos em albumina, colina (substância boa para o cérebro) e vitamina B12, que favorece a redução dos níveis de gordura e auxilia na formação de músculos.

Agora, sua lista de alimentos ricos em proteínas está mais recheada de informações para otimizar sua dieta e proporcionar qualidade de vida. Tempere seu menu com as dicas de hoje, e bom apetite.

Até breve!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *