sucralose-beneficios-riscos

Sucralose: o que dizem sobre o adoçante

A Sucralose é um adoçante com zero calorias e cerca de 600 vezes mais doce que o açúcar. Usada nas mais variadas receitas, de bebidas doces a sorvete, faz sucesso entre pessoas de todas as idades.

Ao contrário do aspartame, a Sucralose não quebra em temperaturas altas, sendo, portanto, perfeita para o preparo de gostosuras assadas.

O produto proporciona o sabor doce sem acrescentar calorias ou carboidratos. O que faz dele um excelente substituto do açúcar e outros adoçantes engordativos.

Não resta dúvida do importante papel da Sucralose nas dietas de controle de peso – quando aliada, é claro, à prática de atividades físicas e à nutrição saudável.

Saiba mais sobre a Sucralose

A Sucralose é obtida por meio da substituição de três grupos hidrogênio-oxigênio na molécula de açúcar por três átomos de cloro. Vem daí o resultado final: um adoçante intenso e sem calorias.

Nosso corpo não degrada a Sucralose em energia, ao contrário do que ocorre com o açúcar. Porém, ambos ativam as mesmas papilas gustativas na língua.

A maior parte do adoçante não é absorvida, ou seja, atravessa o corpo. O restante da Sucraloseé eliminado na urina, não chega a ficar acumulado no organismo.

O produto pode ser encontrado em adoçantes de mesa, além de ser ingrediente de bolos, biscoitos, enlatados, xaropes, condimentos, bebidas, sobremesas e alimentos lácteos.

Analisada constantemente, a Sucralose é considerada segura por estudiosos do mundo inteiro. Mas é preciso citar, também, as opiniões contrárias, isto é, para outros pesquisadores, a substância faz mal à saúde.

O que dizem sobre a segurança no consumo de Sucralose

Os cientistas estão fazendo muitas pesquisas para comprovar se o adoçante Sucralose provoca danos; se ele tem algum efeito, por exemplo, sobre condições específicas de saúde.

E mais: se atua no desenvolvimento de células cancerígenas; quais seus efeitos químicos sobre o corpo; possíveis anormalidades no desenvolvimento humano e consequências no sistema nervoso.

Como base nesses estudos, até o momento, especialistas, órgãos de governo e pesquisadores concordam que as pessoas podem consumir, sem preocupação, uma variedade de alimentos e bebidas adoçados com Sucralose.

O produto está liberado para uso em mais de 80 países. Nos Estados Unidos, o US Food and Drug Administration (FDA) regula a aprovação ou não de todos os aditivos alimentares indicados para uso nos mais diversos itens de consumo humano.

Os que defendem a segurança da Sucralose afirmam que:

  • O adoçante não influencia os níveis de glicose ou de insulina no sangue dos diabéticos e, portanto, não oferece risco a este grupo. Sendo assim, alimentos e bebidas com Sucralose são úteis neste caso para ajudar no controle da ingestão de carboidratos.

Porém, de qualquer modo, é sempre importante que os diabéticos conversem com um nutricionista e profissional de saúde para tirar suas dúvidas a respeito da inclusão em suas dietas de produtos que contenham Sucralose.

  • A Sucralose não estimula o crescimento de bactérias na boca e não favorece a cárie dentária. Tudo porque as bactérias não quebram ou “comem” a Sucralose.
  • Gestantes e lactantes também podem consumir Sucralose. Estudos revelam que o adoçante não tem efeitos prejudiciais sobre as mulheres grávidas ou seus bebês.

Mas vale a mesma dica dada aos diabéticos: se você está grávida, consulte sempre seu médico sobre a inclusão de novos alimentos na dieta.

  • Não existem indícios de que a Sucralose é prejudicial para as crianças. Alguns afirmam, inclusive, que o produto pode ser aliado na luta contra a obesidade infantil, pois ajuda a reduzir calorias.

Alimentos compostos por Sucralose (leite desnatado com sabor, iogurte, sucos, pudim etc.) podem ser incluídos em programa de refeição saudável para as crianças, auxiliando no fornecimento de todos os nutrientes necessários ao adequado desenvolvimento delas.

Dúvidas, controvérsias, novas pesquisas e descobertas sempre existirão. E, cá entre nós, é bom que seja assim…

Portanto, seja a Sucralose ou outra substância, moderação é sempre bem-vinda, certo?

Cuide-se, e até breve!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *